Ir embora

DSC_3763

Teve dias lá em casa que tudo que eu pensava era em ir embora. Partir, voar. Finalmente estar com quem queria e dar o próximo passo na minha vida pareciam ser as coisas mais importantes da minha vida. As pessoas ao meu redor tinham quase todas a mesma ideia de que seria fácil, de que tudo seria tão melhor, tão perfeito.

Mas a verdade é que ir embora não é nada fácil.

Tem dias que parece que não estou em lugar nenhum: nem aqui, nem lá. Estou aqui mas pensando em lá. Como quando eu estava lá pensando em estar aqui. E essa nostalgia vai me acompanhando, mesmo nas novas experiências, diárias, mesmo estando feliz e tendo certeza que sim, é o melhor caminho.

E olha que tenho data pra voltar dessa vez. Talvez finalmente eu entenda porque afinal saudade é uma palavra tão importante em português. Uma tinta que tinge todos os momentos, felizes ou não, de azul, me fazendo estar sempre um pouco lá. Até dormindo.

Hoje acordei de um sonho onde eu estava de volta e me senti tão triste, acreditando que tinha voltado mesmo. Aí acordei mesmo, abri os olhos e ainda estava aqui. Fiquei feliz, e em seguinda culpada, e novamente dividida. Sem estar lá, estando aqui e querendo estar aqui e lá ao mesmo tempo. E tenho a impressão que ainda vou me sentir assim por muito tempo.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s